Conheça as principais certificações do mercado financeiro

Leia o artigo para entender quais são as principais certificações do mercado financeiro, como é possível obtê-las e qual é a melhor forma de se preparar para as provas.

Escrito por

Compartilhe:

Trabalhar no mercado financeiro exige muito conhecimento, bem como muita responsabilidade, afinal, dinheiro é um tema delicado e lidar com o patrimônio de outras pessoas exige boa preparação.

Por isso, quem deseja começar a trabalhar na área ou mesmo migrar de um cargo para outro, precisa comprovar estar capacitado por meio das certificações que esse mercado requer. Deseja entender mais sobre esse assunto e conhecer os principais certificados do segmento? Então, leia este artigo!

O que são as certificações do mercado financeiro

Assim como para exercer a profissão de médico uma pessoa precisa conquistar um diploma, trabalhar em determinadas posições do mercado financeiro exige a conquista de uma ou mais certificações.

É muito importante destacar que você não precisa de uma certificação para investir seu próprio dinheiro.

Por outro lado, para sugerir ou até mesmo tomar decisões sobre os investimentos de um cliente, uma certificação é obrigatória. Portanto, essa foi a forma encontrada para regulamentar as profissões que, nos últimos anos, têm chamado cada vez mais atenção, como é o caso do assessor de investimento, do analista de investimento dentre outras.

As certificações do mercado financeiro são emitidas por diferentes associações, como a ANBIMA e a ANCORD. Portanto, para obtê-las, é necessário comprovar conhecimentos específicos por meio de provas e comprovação de documentos.

ANCORD: Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias

ANBIMA: Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais

Principais certificações do mercado financeiro

Agora que você já entendeu o que são as certificações do mercado financeiro e sua obrigatoriedade para trabalhar neste ramo, conheça as principais e mais procuradas:

  • CPA-10;
  • CPA-20;
  • CEA;
  • CGA;
  • CGE;
  • ANCORD (Assessor de Investimento);
  • CNPI;
  • CFA.

A seguir, descreveremos cada uma dessas certificações.

CPA-10

A CPA-10 é onde tudo começa! Essa certificação é necessária para quem quer atuar na distribuição de produtos de investimento em instituições bancárias ou plataformas. Emitida pela ANBIMA, ela costuma marcar o início de uma carreira de muito sucesso.

Na prova de 50 questões são cobrados tópicos como:

  • sistema financeiro nacional;
  • análise do perfil de investidor;
  • ética e regulamentação;
  • conceitos básicos de economia e finanças;
  • princípios de investimento;
  • fundos de investimento

Para obter essa certificação, contudo,  é necessário acertar no mínimo 70% das respostas, já a inscrição para realizá-la deve ser feita no site da ANBIMA.

📰 Saiba mais:

CPA-10: Posso fazer a prova da certificação em casa?

Posso tirar a CPA-10 antes do primeiro emprego?

CPA-20

Complementar à CPA-10, a CPA-20 é a certificação exigida para quem deseja ampliar sua atuação na distribuição de investimentos, passando a lidar diretamente com clientes de maior poder aquisitivo. No entanto, quanto mais dinheiro, é claro, maior a responsabilidade.

A CPA-20 também é emitida pela ANBIMA e a prova possui 60 perguntas. Além dos tópicos cobrados pela CPA-10, essa prova inclui, ainda, conhecimentos relacionados a:

  • compliance legal;
  • mensuração e gestão de performance e risco.

Para obter a certificação é necessário acertar, no mínimo, 70% das questões. Do mesmo modo que a CPA-10, a inscrição deve ser realizada no site da ANBIMA.

📰 Saiba mais:

Guia completo da certificação CPA-20

CEA

A Certificação ANBIMA de Especialistas em Investimentos (CEA), como o próprio nome já diz, é necessária para quem deseja atuar nessa função de recomendar produtos para clientes dos mais diversos segmentos ou assessorar gerentes de contas de investimentos.

Sua obtenção está sujeita ao acerto de pelo menos 70% das 70 questões da prova, que exige conhecimentos além da CPA-20, como:

  • planejamento de investimentos;
  • gestão de carteiras e riscos;
  • produtos de previdência complementar.

A inscrição deve ser realizada no site da ANBIMA.

📰 Saiba mais:

CEA: conheça os módulos mais difíceis

Certificação CEA: confira dicas de como obtê-la

CGA

A CGA (Certificação de Gestores ANBIMA) é uma certificação que habilita profissionais a atuar com gestão profissional de recursos de terceiros em fundos de investimento de renda fixa, ações, multimercados e cambiais.

Para obter a certificação, é necessário ter diploma de nível superior, além de ter sido aprovado previamente na prova da certificação CFG, da própria ANBIMA. Porém, se você tiver a certificação CFA (Chartered Financial Analyst) ou CAIA (Chartered Alternative Investment Analyst) não precisa realizar o exame CFG, basta solicitar a dispensa.

Os CGAs atuam em instituições financeiras, gestoras de recursos e outras organizações que administram fundos de investimento. Assim sendo, suas principais atividades incluem:

  • Análise de investimentos;
  • Formulação de estratégias de investimento;
  • Implementação de estratégias de investimento;
  • Monitoramento de desempenho de investimentos.

CGE

A CGE (Certificação de Gestores ANBIMA para Fundos Estruturados) é uma certificação que habilita profissionais a atuar com gestão profissional de recursos de terceiros em fundos de investimento estruturados, como fundos imobiliários, fundos de crédito estruturado, fundos de private equity e fundos de hedge.

Também é necessário ter diploma de nível superior e ter passado na prova da certificação CFG, da própria ANBIMA. Do mesmo modo que para a CGA, se você tiver a certificação CFA ou CAIA, poderá solicitar a dispensa.

Os CGEs atuam em instituições financeiras, gestoras de recursos e outras organizações que administram fundos estruturados. Suas principais atividades incluem:

  • Análise de investimentos estruturados;
  • Formulação de estratégias de investimento estruturados;
  • Implementação de estratégias de investimento estruturados;
  • Monitoramento de desempenho de investimentos estruturados.

ANCORD

Por fim, se você deseja atuar como assessor de investimento, você precisará da certificação da ANCORD.

Esse profissional, que também é conhecido como assessor de investimentos, trabalha atrelado a uma instituição bancária, uma corretora ou, ainda, uma plataforma, com o objetivo de servir como ponte entre a empresa e o cliente, apresentando os produtos.

A prova para obter essa certificação tem 80 questões, das quais é preciso acertar no mínimo 70%. O profissional precisa entender da própria profissão e temas específicos de investimentos, portanto, entre os assuntos abordados, estão:

  • a atividade do Assessor de investimento;
  • gestão e análise de risco;
  • matemática financeira;
  • derivativos;
  • fundos de investimento.

Entretanto, é importante ressaltar que existem quatro tópicos na certificação que exigem um mínimo de 50% de acerto. Portanto, de nada adianta acertar 70% de todas as questões se você não acertar 50% nesses quatro tópicos. São eles:

  • a atividade do assessor de investimento;
  • lavagem de dinheiro;
  • mercado de capitais;
  • derivativos.

A inscrição deve ser realizada no site da ANCORD e a prova pode ser feita nas modalidades presencial ou remota.

📰Leia também:

5 dicas para passar na prova da ANCORD

ANCORD: guia completo da certificação mais procurada do mercado financeiro

O que é home broker?

CNPI

O CNPI (Certificado Nacional de Profissionais de Investimento) é uma certificação que habilita profissionais a atuar como analistas de valores mobiliários, ou seja, profissionais que recomendam investimentos em ações, títulos de renda fixa, derivativos e outros ativos financeiros. Para obter a certificação, é necessário ter diploma de nível superior.

Os CNPIs atuam em instituições financeiras, gestoras de recursos, corretoras de valores e outras organizações que fornecem serviços de análise de investimentos. Suas principais atividades incluem:

  • Análise de fundamentos de empresas;
  • Análise técnica de mercados financeiros;
  • Recomendação de investimentos.

📰 Saiba mais:

Quem é e o que faz um analista de valores mobiliários

CFA

CFA: profissional de finanças

O CFA (Chartered Financial Analyst) é uma certificação que habilita profissionais a atuar em diversas áreas do mercado financeiro, incluindo análise de investimentos, gestão de portfólios, pesquisa de investimentos, bem como consultoria financeira e gestão de riscos. Para obter a certificação, é necessário ter diploma de nível superior e experiência profissional de pelo menos quatro anos em uma área relacionada ao mercado financeiro.

Os CFAs atuam em, por exemplo, instituições financeiras, gestoras de recursos, corretoras de valores, bancos de investimento, consultorias financeiras e outras organizações que fornecem serviços financeiros. Desse modo, suas principais atividades incluem:

  • Análise de investimentos;
  • Formulação de estratégias de investimento;
  • Gestão de portfólios;
  • Pesquisa de investimentos;
  • Consultoria financeira;
  • Gestão de riscos.

📰 Saiba mais:

CFA: o topo de linha das certificações do mercado financeiro

Como se preparar para as provas de obtenção das certificações do mercado financeiro

Como falamos acima, lidar com o mercado financeiro exige muito conhecimento e responsabilidade e, por isso, as provas para obtenção das certificações são famosas por sua complexidade. Candidatos bem preparados, no entanto, podem superá-las com tranquilidade e, mais do que isso, estão prontos para assumir suas funções e executá-las com maestria.

Para isso, no entanto, é importante encontrar o caminho correto — e esse caminho está na MELVER. Porém, muito mais do que simplesmente te ajudar a passar em uma prova, os cursos preparatórios para as certificações do mercado financeiro da MELVER são, acima de tudo, voltados a transformar as pessoas em profissionais de destaque.

Portanto, além de todo o conhecimento obtido nas centenas de aulas disponíveis em cada curso, o aluno ainda conta com todo o suporte necessário, e-books exclusivos para acompanhar o conteúdo, bem como simulados atualizados e muito mais.

📰 Leia mais:

Assessor de Investimento — Tudo o que você precisa saber para ser um profissional de sucesso

Como fazer transição de carreira para o mercado financeiro?

Ao final, o certificado digital com o selo MELVER, reconhecido com excelência pelas instituições mais importantes do mercado financeiro, te coloca muito mais perto do sucesso. Portanto, comece já a traçar essa nova trajetória: acesse o site da MELVER para conferir mais informações sobre cada um dos cursos disponíveis.

Veja mais

Neste artigo, mostramos um passo a passo para você acessar o site do Bacen e consultar as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras em seus mais diversos segmentos, do rotativo do cartão de crédito até o financiamento imobiliário.
Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.