O que é a ANBIMA? Conheça essa instituição

A ANBIMA, atuando por 40 anos no mercado financeiro, zela por transparência e regulação. Emitindo 6 certificações, como CPA-10, CEA e CGA, exige comprovação de conhecimento por exames.

Escrito por

Compartilhe:

O mercado financeiro é bastante complexo e dinâmico e, por isso, é fundamental contar com instituições que atuem como pilares de regulação, desenvolvimento e transparência.

Neste cenário, a ANBIMA (Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) se destaca, com grande relevância para o setor. Leia este artigo para entender:

  • o que é a ANBIMA;
  • quais são as certificações ANBIMA;
  • como passar nas certificações ANBIMA.

O que é a ANBIMA

Apesar de ter sido criada oficialmente em 2009, a partir da junção de duas entidades anteriores (Anbid e Andima), a ANBIMA já representa os mercados financeiro e de capitais há 40 anos. Seu principal objetivo é o de zelar pela pluralidade dos mercados e determinar as boas práticas de atuação por meio de regras e códigos que devem ser seguidos por todos os seus associados.

Sua atuação se baseia em quatro compromissos:

Informar

A ANBIMA acredita na importância da segurança e da transparência dos mercados e, para isso, entende a necessidade da construção de uma base de dados consistente. Sendo assim, a instituição se afirma como a principal provedora de informações dos mercados financeiro e de capitais.

Para isso, a equipe produz e divulga relatórios, estudos, estatísticas, rankings e referências atualizadas, além de diversas ferramentas de consulta, tanto para o mercado quanto para os associados.

O que é a ANBIMA? Compromisso com informação

Representar

A representação é um dos mais sólidos pilares da ANBIMA, que acredita que apenas instituições sólidas e bem representadas conseguem formar um mercado forte. Por isso, seu objetivo é zelar pela pluralidade de seus associados, enquanto defende seus interesses.

Os associados são convidados a participar voluntariamente de fóruns, comissões e grupos consultivos da ANBIMA, locais destinados à criação de propostas de aprimoramento do mercado, bem como dos códigos para autorregulação.

Autorregular

De acordo com a instituição, só é possível criar e sustentar um mercado forte a partir de regras claras, que estejam alinhadas à realidade das instituições e sejam constantemente aprimoradas. Ou seja, seu papel nisso é debater continuamente essas pautas, em conjunto com seus associados, orientá-los e instruir na condução de processos.

Educar

Por fim, não existe um mercado forte sem a participação de profissionais bem qualificados. Portanto, o pilar de educação da ANBIMA é realizado na prática por meio de três funções:

  • certificação de profissionais capacitados;
  • qualificação dos profissionais certificados, por meio da educação continuada;
  • divulgação de conteúdos sobre educação financeira.

Quais são as certificações ANBIMA

As vantagens de trabalhar no mercado financeiro são tantas que o setor vem chamando a atenção de cada vez mais profissionais que desejam realizar o sonho das altas remunerações. No entanto, é necessário separar o joio do trigo — ou seja, autorizar para atuação no mercado apenas aqueles realmente capacitados.

Lidar com o dinheiro de outras pessoas demanda muita responsabilidade e, por isso, quem quer se profissionalizar e atuar na área deve estar atento à necessidade da obtenção de determinadas certificações financeiras.

Portanto, seguindo seu compromisso de educar para esse mercado, a ANBIMA é responsável pela emissão de seis certificações. São elas:

CPA-10

Considerada a certificação de entrada no mercado financeiro, a CPA-10 mostra que o profissional está apto a trabalhar na distribuição de produtos de investimento para o varejo, atuando em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

📰 Saiba mais:

Como passar na certificação CPA10? 4 melhores dicas

CPA-20

A diferença entre as certificações CPA-10 e CPA-20 é que essa segunda é uma espécie de aprimoramento da primeira, que permite que os profissionais atuem na distribuição de produtos de investimento para clientes de alta renda.

CEA

A sigla CEA significa Certificação ANBIMA de Especialistas em Investimento, e, como o próprio nome deixa claro, habilita profissionais do mercado financeiro a atuarem nessa função. Isso significa que eles podem recomendar produtos de investimento para clientes de diferentes segmentos e assessorar gerentes de contas.

📰 Saiba mais:

Como obter a certificação CEA? Confira dicas

CFG

A CFG é a Certificação ANBIMA de Fundamentos em Gestão, voltada para os profissionais que querem encaminhar sua carreira para a área de gestão de recursos. Esse certificado garante aptidão à base técnica para o setor, que é o primeiro diferencial para conquistar esse tipo de cargo.

CGA

A Certificação de Gestores ANBIMA (CGA), por sua vez, é requisitada para profissionais que querem atuar na gestão de recursos de fundos de investimento financeiros. Nesse caso, os principais são os fundos de renda fixa, ações, cambiais, multimercados, carteiras administradas e fundos de índice.

📰 Saiba mais:

Conheça a Classificação de Fundos Imobiliários da ANBIMA por segmento de atuação

CGE

Para finalizar a lista, a última das certificações financeiras emitidas pela ANBIMA é a CGE, que significa Certificação de Gestores ANBIMA para Fundos Estruturados. Ela mostra que o profissional está apto a trabalhar na gestão dos recursos de terceiros, no ramo dos produtos estruturados.

Como passar nas certificações ANBIMA

Como falamos acima, lidar com o patrimônio dos outros é muita responsabilidade. Por isso, cabe às instituições regulatórias do mercado financeiro fazer o possível para garantir que os profissionais estejam realmente aptos.

Por conta disso, as certificações são obtidas apenas mediante a comprovação do conhecimento necessário a cada nível de atuação, o que se dá por meio de exames. Na seção Educar do site da ANBIMA é possível encontrar todas as informações essenciais sobre cada uma das provas. Assim, veja como entender os conteúdos abordados, as opções de agendamento e o investimento necessário.

A boa notícia é que você não precisa (e nem deve!) aprender todo o conteúdo sozinho: pode contar com a MELVER, que oferece cursos preparatórios de excelência para as mais diversas certificações financeiras do mercado, incluindo a CPA-10, a CPA-20 e a CEA. Para mais informações, acesse a aba de certificações em nosso site!

📰 Leia mais:

CPA-20: uma análise detalhada dos módulos mais difíceis

CPA-10: Desvendando os módulos mais difíceis da certificação

Posso tirar a CPA-10 antes do primeiro emprego? Descubra aqui!

Veja mais

Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.
Conheça técnicas eficazes para captar clientes na assessoria financeira. Descubra como abordar, engajar e converter leads em clientes satisfeitos. Aperfeiçoe suas habilidades com o MELVER Pro.