Certificações financeiras: conheça as áreas mais bem remuneradas

Saiba como obter as certificações financeiras mais importantes para atuar no mercado e entenda a função dos planejadores financeiros, dos agentes autônomos de investimento e outras áreas bem remuneradas.

Escrito por

Compartilhe:

Fazer carreira no mercado financeiro se tornou o sonho de muitos brasileiros nos últimos anos, e não é à toa. Entre os principais benefícios de se profissionalizar na área estão a alta remuneração, a participação nos lucros e a liberdade — afinal, quem é que não quer ganhar bem e ter mais flexibilidade na rotina?

O momento da transição, no entanto, costuma trazer muitas dúvidas, dentre elas:

  • qual área escolher para trabalhar?
  • qual é o primeiro passo para iniciar carreira no mercado financeiro?
  • quais são as formações mais indicadas para quem quer se profissionalizar?

Neste artigo, você confere as respostas para essas perguntas. 

Mercado financeiro: um mar de possibilidades profissionais

O dinheiro é o motor do mundo: ele está em tudo. Por isso, o mercado financeiro é um setor essencial para o funcionamento da sociedade e um ramo de atuação profissional com muito potencial para quem deseja ter uma carreira próspera. 

Diversa, a área financeira oferece a oportunidade de atuar em diferentes funções. Entre elas, as mais promissoras são:

Assessor de investimento

Um assessor de investimentos (antes, chamado de agente autônomo de investimentos) é um profissional, pessoa física, que tem a função de apresentar o mercado financeiro, com seus produtos e serviços, para clientes investidores — atuando como ponte entre as corretoras e quem deseja investir.

A esse profissional é necessário muito conhecimento sobre o mercado em geral e sobre cada produto disponível, além de habilidades comerciais. É importante, ainda, ter em mente a importância de nunca ultrapassar os limites de atuação: por exemplo, um assessor não pode agir em nome de seus clientes e tampouco cabe a ele a administração de uma carteira de investimentos ou a análise de ativos.

Para exercer essa função, que vem crescendo exponencialmente no Brasil, o profissional deve ter a certificação AAI da ANCORD.

Analista de investimentos

O analista de investimentos, por sua vez, tem um papel mais técnico: ele analisa ativos, como ações e fundos, e redige relatórios de recomendação aos clientes.

A responsabilidade de quem atua nessa função é muito grande e, por isso, esse profissional deve ter profundo conhecimento de mercado para realizar análises detalhadas que possibilitem prever o desempenho das ações e outros investimentos.

Para além da indicação na tomada de decisão, quem escolhe essa carreira deve permanecer acompanhando constantemente os ativos para avaliar se as análises adotadas continuam viáveis ou precisam ser repensadas. 

A função de analista de investimentos se divide em três diferentes categorias:

  • analista fundamentalista: realiza um estudo profundo de todo o cenário econômico, setores de atuação e ativos específicos, com previsões de médio e longo prazo;
  • analista técnico: analisa as tendências e o histórico do mercado para elaborar previsões de curto prazo;
  • analista pleno: profissional mais completo, atua exercendo a junção das duas outras funções.

A certificação necessária para um analista é a CNPI, da APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais).

Gestor de recursos

O gestor de recursos  tem uma função bem complexa: esse profissional é responsável por investir os recursos de seus clientes, principalmente no que se refere a fundos de investimento, com base no estudo do histórico do mercado (em geral, apresentados pelos analistas) e de muito conhecimento técnico. 

Por lidar diretamente com o patrimônio de terceiros, a responsabilidade dessa, que é uma das mais bem remuneradas profissões do mercado financeiro, é muito alta. Portanto, as pessoas que assumem essa posição já estão atuando no segmento há muitos anos.

Com a formação adequada, no entanto, é necessário não apenas passar nas certificações financeiras necessárias, mas realizar um trabalho de qualidade para entregar eficiência aos clientes e, consequentemente, alcançar o sucesso.

A depender do segmento, as certificações necessárias para um gestor de recursos podem ser a CFG, CGE ou CGA, todas oferecidas pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades do Mercado Financeiro e de Capitais).

Planejador financeiro

O planejador financeiro é considerado um dos profissionais mais completos do mercado financeiro, já que precisa de muito conhecimento técnico, analítico e estratégico para cumprir sua responsabilidade de ajudar os clientes a administrarem seu patrimônio. 

Entre as funções desse profissional estão:

  • gestão de investimentos.
  • gestão de riscos;
  • planejamento financeiro;
  • planejamento fiscal;
  • planejamento sucessório;
  • planejamento de aposentadoria.

A certificação necessária para um planejador financeiro é a CFP, oferecida pela PLANEJAR.

As principais certificações financeiras necessárias para ingressar no mercado

Como foi dito no início do artigo, o dinheiro é o motor do mundo e lidar com ele é coisa séria. Até mesmo quem deseja começar a investir o seu próprio montante deve estudar, mas quem quer seguir carreira na área prestando serviço a clientes e instituições precisa ser avalizado — o que acontece por meio das certificações financeiras.

Conheça as principais certificações buscadas por profissionais que atuam ou querem atuar no mercado financeiro:

CPA-10

A CPA-10 é a certificação de entrada no mercado financeiro, para aqueles que querem iniciar a carreira no ramo dos investimentos. Ela é exigida, também, para profissionais que desejam trabalhar em instituições de crédito.

Para obtê-la, é preciso realizar uma prova oferecida pela ANBIMA com 50 questões e acertar ao menos 70% delas.

CPA-20

A CPA-20, também oferecida pela ANBIMA, é uma certificação complementar à CPA-10, voltada especificamente para validar profissionais que desejam trabalhar com clientes de alta renda, o que demanda um conhecimento mais profundo sobre esse segmento. 

A prova para obtê-la tem 60 questões, das quais é necessário acertar pelo menos 70% para alcançar a aprovação.

ANCORD (Assessor de Investimento)

ANCORD é a sigla da Associação Nacional de Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbios e Mercadorias. A certificação oferecida por ela é a de AAI, para quem quer se tornar Agente Autônomo de Investimento. 

Essa validação é requerida pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), entidade vinculada ao Ministério da Fazenda. Portanto, o exercício da função está obrigatoriamente atrelado a essa conquista, que se dá por meio de uma prova com 80 questões, da qual ao menos 70% das questões precisam ser respondidas corretamente.

📰 Saiba mais:

Tudo sobre o PEC da ANCORD

CEA

CEA é a sigla para Certificação ANBIMA de Especialistas em Investimento. Logo, sua função é validar profissionais que estão aptos a atuar nessa função, podendo recomendar produtos de investimento para clientes nos mais diversos segmentos de mercado e desempenhar a função de consultor de investimentos

Para obter a CEA é preciso realizar uma prova de 70 questões e acertar 70% ou mais delas. 

CFP

CFP é a sigla para Certified Financial Planner, uma certificação internacional muito almejada pelos profissionais que desejam atuar como planejadores financeiros. Embora não seja obrigatória, ela é um diferencial muito significativo para quem quer se destacar nessa profissão.

Pessoas certificadas com a CFP têm alto potencial de conseguirem ótima colocação no mercado e alcançarem alto ganho financeiro mensal, principalmente no segmento private (clientes de alta renda). A prova para obter a certificação, no entanto, é uma das mais difíceis. Além disso, a prova possui 140 questões, ela exige conhecimentos de diferentes áreas do mercado financeiro. 

Quem deseja, portanto, construir uma carreira nesse mercado tão promissor deve buscar essas certificações e, principalmente, se munir do conhecimento necessário para atuar de maneira responsável e frutífera. 

A MELVER é uma empresa que busca empoderar o desenvolvimento de pessoas por meio da capacitação profissional para o mercado financeiro. Os cursos, voltados para a obtenção das certificações, não apenas possibilitam o bom resultado nas provas mas, também, a formação de excelência.

📰 Saiba mais:

Conheça as principais certificações do mercado financeiro

Para obter mais informações, acesse o site da MELVER e confira mais detalhes sobre os cursos para a certificação do seu interesse.

Veja mais

Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.
Conheça técnicas eficazes para captar clientes na assessoria financeira. Descubra como abordar, engajar e converter leads em clientes satisfeitos. Aperfeiçoe suas habilidades com o MELVER Pro.