Reuniões na assessoria de investimento: quais são e como se preparar para elas

As reuniões do assessor podem ocorrer com pessoas da sua equipe e mesmo escritório, com profissionais do mercado, empresas ou outros públicos de interesse. Conheça os principais tipos de reuniões e aprenda a tornar algo corriqueiro e maçante em experiências cada vez mais proveitosas.

Escrito por

Compartilhe:

 Reuniões na assessoria de investimento fazem parte da rotina do assessor. Ele participa de diversas e com públicos diferentes. São reuniões com clientes, colegas de trabalho, com seus líderes ou liderados. Portanto, a depender dos participantes e do assunto, o assessor deve ser mais ativo ou passivo em sua participação. Por isso, é importante entender o contexto e como o profissional pode contribuir e absorver as informações necessárias de cada evento. Neste artigo, você vai encontrar:  

  • quais as principais reuniões que o assessor de investimento participa em sua rotina;  
  • como o assessor de investimento deve se preparar para ter uma excelente atuação em cada reunião;  
  • como aproveitar o melhor de cada reunião.  

Reuniões na assessoria de investimento: A rotina do assessor de investimento 

Geralmente, as reuniões de assessoria acontecem com três públicos diferentes: com sua equipe e outros profissionais de seu escritório; com profissionais de outras empresas do mercado financeiro e, finalmente, com clientes e possíveis clientes.  

As reuniões com profissionais que trabalham na mesma empresa podem ser mais densas, envolvendo a tomada de decisões da empresa, ou podem ser reuniões meramente informativas.  

Também há reuniões de feedback  de equipe ou individual e reuniões mais criativas, do estilo brainstorming, nas quais cada participante contribui com suas ideias e visões. Também pode haver reuniões de apresentação de resultados ou de alinhamento entre equipes com pautas do dia, bem como objetivos para serem alcançados.  

Os encontros com profissionais de outras empresas do mercado financeiro podem ser por diversos motivos, sejam parcerias com outras empresas, reuniões comerciais sobre produtos, aprendizados de boas práticas ou, ainda, simplesmente conexões e networking. O mercado financeiro é amplo e abrange diferentes tipos de empresas, desde corretoras, casas de análise e gestoras. 

Já as reuniões com clientes podem ser para balanceamento de portfólio, apresentação dos resultados periódicos ou apresentação de novos produtos. Além disso, alguns assessores têm o hábito de se reunir com seus clientes apenas para aumentar a conexão, estreitar o relacionamento e ser mais próximo. 

Com os clientes atuais, geralmente, esses encontros são convites de cafés da manhã ou outras refeições. Por outro lado, com os possíveis clientes, as reuniões são encontros comerciais de prospecção, que acontecem quando o assessor está trabalhando na venda grande (abertura ou transferência de conta).  

📰 Saiba mais:

Como realizar uma venda grande na assessoria de investimento

Prepare a melhor palestra na assessoria de investimento

Como fazer a organização da sua agenda de assessor

Como se preparar para reuniões na assessoria de investimento 

A depender do propósito da reunião, a postura do profissional tende a ser mais ativa ou passiva. Por exemplo, em uma reunião para apresentação de resultados, devemos realizar demonstrações e sermos convincentes, mas como já conhecemos os dados, é só organizá-lo de uma maneira que fique mais didática e preparar a apresentação.   

Faça anotações 

Se você não for o apresentador dos dados, tenha em mãos materiais para poder fazer suas anotações e levantar as suas dúvidas. Além das reuniões comerciais, caracterizadas por  uma oferta, normalmente, os encontros têm como objetivos justificar o progresso de uma meta, opinar sobre fatos ou resultados, bem como apresentar algum plano, conteúdo ou ideias.   

Reuniões digitais na assessoria de investimento 

As reuniões na assessoria de investimento eram, em sua maioria, presenciais, mas, após a pandemia, muitas pessoas se adaptaram para os encontros digitais. Nos dois casos, o assessor deve se atentar a sua imagem. No mercado financeiro, embora algumas instituições estejam abolindo o traje ultra formal, ainda se preza muito pela imagem alinhada e séria. 

Outro ponto importante: para os encontros digitais, o profissional deve se atentar aos aplicativos que serão utilizados e fazer o teste de uso com antecedência para evitar atrasos. 

Reuniões presenciais 

Presencialmente, muitas reuniões na assessoria de investimento podem ter suporte de equipamentos como projetor para apresentações, internet ou quadros e pincéis. O assessor deve se atentar para que tenha em mãos todos os recursos prontos para a apresentação. 

Para apresentações, evite textos longos e os utilize apenas como apoio para deixar mais claro a mensagem que quer transmitir. O que você preparou na apresentação é para o público e não para você.  

Reuniões comerciais 

Nas reuniões comerciais, o assessor deve se atentar ao objetivo do encontro. Se for com profissionais do mercado de outras empresas, conhecer a companhia em questão é uma recomendação. Para se reunir com clientes e possíveis clientes, normalmente, a preparação é ainda maior, visto que são eles a razão do trabalho de assessoria existir.  

Como aproveitar melhor as reuniões na assessoria de investimento 

Há quem diga que a rotina do mercado financeiro é exaustiva em quantidades de reuniões. Contudo, a verdade é que cada reunião pode ter informações e aprendizados muito úteis.  

A importância das reuniões comerciais nem precisa ser debatida, visto que são as reuniões mais importantes do assessor de investimento. Nelas, o assessor deve se desligar de tudo que não está relacionado a esse momento e se concentrar nos participantes. 

Assim, quando se tratar de um cliente ou um possível cliente, toda atenção é mais do que necessária, pois qualquer informação passada pode ser muito importante no processo de captação. Portanto, tome nota de tudo que puder ser relevante.  

Nas reuniões de rotina, principalmente, quando vem aquela sensação de tempo perdido, o assessor pode torná-la útil, apenas atentando-se às técnicas de apresentação do interlocutor, ou como cada pessoa age. Por isso, preste atenção no que puder. Você deverá estar presente de qualquer forma, então, aproveite esse momento para aprender. 

Use seu networking

Aprenda com quem fala bem, com boas apresentações, com bons comportamentos e aprenda, sobretudo, o que não fazer. Não gostou de alguma apresentação? Pergunte-se o que você faria diferente. Não gostou de alguma fala? Não fale o mesmo quando for a sua vez. Achou algum comportamento inapropriado? Evite-o quando for você. Ou seja, a todo momento podemos aprender e tornar o momento produtivo, até mesmo reuniões que achamos que não precisaríamos estar. A sua melhor versão é a escolha que você faz a todo momento.  

📰 Leia também:

Aumente a conversão de leads com a técnica SPIN na assessoria

Como preparar uma palestra na assessoria de investimento

Reuniões e contatos digitais na assessoria de investimento

E aí, gostou dos insigths? Pretende se tornar um assessor e migrar para a profissão que mais cresce no mercado financeiro? A MELVER prepara você desde a aprovação na prova da ANCORD até o caminho para a sua formação em assessoria. Seja um MELVER e conquiste o mercado financeiro. 

Veja mais

Neste artigo, mostramos um passo a passo para você acessar o site do Bacen e consultar as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras em seus mais diversos segmentos, do rotativo do cartão de crédito até o financiamento imobiliário.
Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.