Como preparar uma palestra na assessoria de investimento

Falar em público envolve técnica, método e conhecimento, tanto na preparação quanto na apresentação. É fundamental conhecer o público, antecipar-se aos horários e adotar uma sequência lógica de apresentação.

Escrito por

Compartilhe:

Você é profissional e vai apresentar uma palestra na assessoria de investimento? Os eventos com palestras que abordam temas interessantes, normalmente, reúnem inúmeras pessoas que têm interesse no assunto apresentado. Por isso, palestras são ótimos momentos para prospectar e captar clientes para o assessor de investimento, que pode tanto ser o organizador quanto o palestrante. 

É fato que o ser humano tem um grande medo de falar em público. Além disso, algumas pessoas têm mais medo de palestrar que de morrer, mas com técnica, autoconfiança e domínio do assunto, todo assessor de investimento pode dar palestras. Ou seja, não depende de um talento nato, mas, sim, do aprimoramento das técnicas que você vai encontrar neste artigo. 

Técnicas de preparação para palestras

Se o assessor é o organizador do evento, sendo palestrante ou não, deve se atentar a tudo que envolve a palestra. Desde espaço físico (se ocorrer presencialmente, se não, a plataforma digital de transmissão), convite do público, equipamentos de suporte, bem como a recepção dos convidados além de outros fatores que julgue necessário para o bom andamento do evento. 

Além disso, é importante que o palestrante conheça o público, pois o assessor domina o mercado financeiro e muito de suas especificidades, mas se encontrar um público que não tem muito entendimento do assunto, usar termos técnicos e aprofundar demais o conteúdo pode ser ineficiente para convencer a plateia, já que ela não vai absorver muito do que foi passado. 

É importante conhecer seu público. 

Por outro lado, se a palestra for para pessoas com mais conhecimento no assunto, a abordagem mais técnica é vista com bons olhos, porque uma apresentação superficial tende a ser entediante para esse público. 

Portanto, é importante conhecer a plateia, uma vez que isso permite adaptar a abordagem utilizada para cativar mais a audiência. 

Confira 16 dicas nesse artigo do Marc Tawil. 

Prepare-se de acordo com seu público

Sabemos que nos comunicamos em várias linguagens e não apenas ao falar. A linguagem visual diz muito sobre nós. Por isso, outro importante motivo de se conhecer o público é para se vestir de acordo com a audiência e o evento, o que gera maior conexão. 

Alguns públicos não exigem tantas formalidades, mas lembre-se de que no mercado financeiro você não pode dispensar as formalidades por completo. E se ficar em dúvidas de como se vestir, pergunte ao organizador do evento ou aposte em trajes naturalmente formais. 

Vista-se de acordo com seu o ambiente. 

Para demonstrar respeito pelas pessoas, cumpra sempre o horário, seja o horário de início ou o horário de término. Comece sempre na hora combinada e, para isso, chegue com certa antecedência. 

Finalmente, se o assessor é organizador também, é necessário que se antecipe ainda mais para checagem de equipamentos antes do evento. Além disso, antes da palestra começar, o profissional pode conversar e interagir com as pessoas que forem chegando. Na palestra, estenda o término apenas se pedido ou sentir que é o que o público deseja; do contrário, é melhor cumprir o que foi estabelecido. 

Técnicas de apresentação para palestras na assessoria de investimento 

O assessor tem capacidade técnica para falar sobre os diversos assuntos que envolvam investimentos e mercado de capitais, mas, se for necessário, deverá pesquisar e estudar qualquer tópico que não conheça bem. 

Além disso, você não deve apenas ler suas apresentações, já que vai aparentar até falta de respeito com o tempo das pessoas, bem como vai deixar a apresentação entediante. Portanto, lembre que a apresentação é construída como suporte para aumentar a didática do público e não como objeto de leitura. 

Prepare-se para a palestra e não apenas leia a apresentação! 

Para construir uma apresentação, vamos basear no conceito dos quatro momentos: 

  • Apresentação do tema; 
  • Tese a ser defendida sobre o tema; 
  • Argumentos sustentadores da tese; 
  • Conclusão (retomada dos principais argumentos defendidos). 

Apresentação do tema 

Na apresentação do tema, o ideal é que você comece com uma pergunta ou provocação, pois isso engaja o público, desperta a curiosidade e mostra certo domínio sobre o tema abordado. 

A parte da apresentação não deve tomar muito tempo, limitando-se a 5% de todo o tempo disponível. Para ficar ainda melhor, feche a palestra respondendo à pergunta ou à provocação que fez no início, quando estava apresentando o tema. 

Defesa da tese 

A parte que trata da defesa do tema ou da tese é a mais longa, ultrapassando, muitas vezes, 50% do tempo disponível. Você deve descrever o que está tratando, buscando analogias que sejam de maior entendimento do público. 

Sustentando argumentos e assessoria de investimento 

Compare o tópico com situações do dia a dia. Isso deixa o conteúdo bem mais leve e didático. Durante essa fase, continue interagindo com o público fazendo perguntas e provocações. Pergunte o nome de alguém da plateia para dar exemplos. E sempre que mudar de um tópico para outro, faça usando alguma ligação entre eles. 

Ao mudar de um tema para outro, faça conexões para facilitar o entendimento. 

Quando o assunto é mercado financeiro, geralmente, as apresentações possuem argumentação para demonstrar os pontos positivos e negativos de algum produto ou de uma estratégia. Você deve deixar claras as vantagens de se investir por meio de um assessor em comparação com investir sozinho. Por exemplo, o assessor poderá trazer oportunidades que o investidor individual teria dificuldade em encontrar. 

Essa etapa não deve ultrapassar 25% do tempo total, sendo seguida pela conclusão, para finalizar. 

Conclusão da palestra 

Reserve ao menos 10% do tempo total para esta última etapa. Como já falamos, o ideal é que essa parte responda à provocação feita no início da apresentação. Aqui, você conclui e finaliza a tese. Finalmente agradeça e, se for propício, abra espaço para perguntas da plateia. 

Finalizando… 

Falar em público envolve técnica, método e conhecimento. Entretanto, muito do que foi dito aqui pode ser utilizado em reuniões com equipes e com profissionais de outras empresas do mercado. 

    • Técnica
    • Método
    • Conhecimento 

São esses os três fatores que farão com que a sua ansiedade, na hora do evento, seja reduzida. Procure palestrar sobre assuntos que conheça bem, ou que tenha tempo para realizar toda a preparação. 

Na MELVER, temos bastante conteúdo sobre apresentação e comunicação, pois sabemos da ansiedade e do medo presentes nesses momentos em que o profissional precisa falar em público. 

📰 Leia mais:

Reuniões e contatos digitais na assessoria de investimento

Cold Call na assessoria: Como gerar oportunidades de negócio?

Aumente a conversão de leads com a técnica SPIN na assessoria

Reuniões na assessoria de investimento: quais são e como se preparar para elas

E aí, gostou dos insights? Pretende se tornar um assessor e migrar para a profissão que mais cresce no mercado financeiro? A MELVER prepara você desde a aprovação na prova da ANCORD até o caminho para a sua formação em assessoria. Seja um MELVER e conquiste o mercado financeiro. 

Veja mais

Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.
Conheça técnicas eficazes para captar clientes na assessoria financeira. Descubra como abordar, engajar e converter leads em clientes satisfeitos. Aperfeiçoe suas habilidades com o MELVER Pro.