Como aprender a investir desde cedo

Conheça formas de investir desde cedo para conquistar objetivos e construir estabilidade financeira ao aplicar boas práticas de educação financeira no seu dia a dia e utilizar a tecnologia a seu favor.

Escrito por

Compartilhe:

Conseguir poupar para investir ainda é um desafio para a maioria dos brasileiros, seja pela falta de renda suficiente ou pela cultura do consumismo onde pensar no futuro quase sempre fica para depois.

Nesse sentido, o investimento em educação continua sendo a melhor opção para criar oportunidades de geração de renda e bons hábitos financeiros. No entanto, é aprendendo a investir desde cedo que fará diferença no longo prazo pelo efeito dos juros compostos que multiplicam seu dinheiro.

Para te ajudar a começar o quanto antes a gerar renda passiva, nesse artigo você aprenderá:

  • Por que começar a investir cedo?
  • Como poupar para investir.
  • Por onde começar a investir.
  • Como usar a tecnologia a seu favor para investir.

Por que começar a investir cedo?

Por que investir desde cedo?

O tempo e os juros compostos são os responsáveis por fazer o dinheiro crescer. É por isso que quanto antes você começar a investir, maior será o efeito multiplicador dos juros e menor será o valor necessário de aplicação para gerar riqueza.

Além disso, quando você é jovem tem mais espaço para tomar riscos ao fazer investimentos que oferecem melhor rentabilidade, e mais tempo para se recuperar no caso de eventuais perdas financeiras.

Utilize o tempo a seu favor poupando todos os meses para investir.

Como poupar para investir

Conhecer seus hábitos de consumo é o primeiro passo para entender o que e porque você compra e como isso afeta seu orçamento para conseguir poupar.

Dessa forma, liste todos os seus gastos mensais para separá-los em categorias (Exemplo: alimentação, transporte, moradia, empréstimos, lazer, educação etc.)

Logo depois, identifique quais gastos são essenciais, ou seja, aqueles que você não consegue viver sem e os não essenciais que você pode diminuir ou eliminar.

Os gastos variáveis dependem do seu consumo e são aqueles que mais exigem mudança de comportamento e hábitos para serem reduzidos, então criar metas de economia ou limites de gastos ajudam nesse processo. Você pode por exemplo buscar reduzir 10% de despesas com alimentação ou gastar até determinado valor por semana ou mês.

Monitorar semanalmente esses gastos também é uma boa estratégia para o controle do orçamento, assim você terá oportunidade de fazer as adequações necessárias antes de encerrar o mês.

Esse controle pode ser feito por anotações manuais, planilhas ou aplicativos que facilitam esse mapeamento dos gastos. Abra espaço no orçamento para investir nos seus sonhos.

Por onde começar a investir?

Definir metas ajuda a direcionar seus investimentos, mas sabemos que quando se é jovem muitas vezes é normal a falta de clareza nos objetivos. Nesse caso, você pode começar com duas metas iniciais: criar uma reserva financeira para emergências ou imprevistos e se preparar para a aposentadoria. Isso quer dizer que você vai investir para viver bem hoje e lá na frente.

Para sua reserva de emergências você pode optar por investimentos mais simples e de baixo risco que rendem no mínimo 100% do CDI ou da Selic e tem resgate imediato.

Não conhece o que é o CDI? Descubra o que é o CDI no vídeo abaixo:

Já para aposentadoria você deve preocupar-se em proteger seu poder de compra da inflação, buscando opções de investimentos que são atrelados ao IPCA (índice que mede a inflação no Brasil) ou fundos de previdência complementar. Busque conhecer os produtos do seu banco ou corretora, e considere pedir ajuda de um profissional da área para planejar e investir com mais segurança.

E por fim, não espere acumular grandes quantias para investir. Comece com o que consegue poupar mesmo que seja pouco e busque manter a regularidade de fazer aplicações todos os meses.

Como usar a tecnologia a seu favor para investir

Usar a tecnologia pode ser muito benéfico para o seu bolso. Com a chegada da internet e dos smartphones, nunca foi tão acessível cuidar das finanças. Nas palmas das mãos podemos aprender sobre educação financeira, fazer pagamentos, controlar o orçamento, realizar e monitorar os investimentos.

E para criar o hábito de investir com regularidade, recomenda-se não esperar sobrar dinheiro no fim do mês. Nesse sentido, a tecnologia também é uma grande aliada para que você se pague primeiro ao utilizar as funções de aplicações programadas.

Basta escolher o produto no seu banco ou corretora que permite essa programação, definir o valor e data para que automaticamente seu dinheiro seja investido todos os meses até que você altere ou cancele essa funcionalidade.

Assim como no agendamento de pagamento das suas contas mensais, investir de forma programada elimina as chances de você esquecer esse compromisso com o seu futuro ou acabar gastando o dinheiro com o que não vai te gerar riqueza.

Investir desde cedo é priorizar seus sonhos e construir um alicerce sólido para uma vida mais tranquila. Suas decisões do presente determinam o futuro, então não espere as melhores condições, o melhor momento de começar a investir é agora. Apenas comece a plantar seus pés de dinheiro, em breve com certeza eles trarão os frutos desejados.

📰 Saiba mais:

Heurística da Ancoragem

Ilusão do Controle

Efeito de Estruturação (Framing)

Gostou do nosso artigo? Continue com a MELVER para mais conteúdos de qualidade.

Veja mais

Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.
Conheça técnicas eficazes para captar clientes na assessoria financeira. Descubra como abordar, engajar e converter leads em clientes satisfeitos. Aperfeiçoe suas habilidades com o MELVER Pro.