Acerte seu perfil do LinkedIn e acelere sua carreira no mercado financeiro

Ainda acha que todas as redes sociais são perda de tempo? Está na hora de rever seus conceitos! Leia o artigo para entender a importância de ter um bom perfil no LinkedIn e saiba como se destacar na plataforma.

Escrito por

Compartilhe:

Há quem pense que as redes sociais são sinônimo do ócio, de rolar um feed indefinidamente e acompanhar a vida dos outros o dia inteiro — mas não é bem assim. Quando aproveitadas, todas elas podem servir para fazer networking e boas ações de marketing, seja pessoal ou de uma empresa. Mas uma, em especial, é perfeita para isso.

O LinkedIn é a rede social profissional mais utilizada em todo o mundo, e se tornou uma ferramenta essencial para quem busca oportunidades de emprego e negócios. No mercado financeiro, contar com um perfil bem estruturado pode fazer toda a diferença na hora de conseguir novos clientes, parceiros e novos cargos.

Neste artigo, vamos mostrar como acertar na hora de montar e atualizar o seu perfil do LinkedIn para se destacar na área. Boa leitura!

A importância de ter um bom perfil no LinkedIn

Antes de começar a compartilhar as dicas, vamos falar da importância de manter um perfil bem estruturado e atualizado no LinkedIn. Essa ferramenta é muito poderosa para se conectar com profissionais, empresas e potenciais clientes, isso porque é uma das principais fontes de oportunidades de negócios para quem quer trabalhar no mercado financeiro.

Além de ser utilizado como apresentação, para que você mostre seu cargo, suas principais atividades e conquistas, o LinkedIn permite que os profissionais publiquem e compartilhem conteúdo relevante para sua área, o que fortalece sua reputação e seu posicionamento como especialista.

Vale considerar, ainda, que a possibilidade de receber recomendações de colegas e superiores por esse canal se tornou uma forma efetiva e reconhecida de aumentar a credibilidade de um profissional e destacar suas experiências.

Outra grande vantagem de manter um perfil completo e atualizado nessa rede social é o aumento das chances de ser encontrado por recrutadores e empresas que estão buscando talentos na área — e você também pode aproveitar a plataforma para apresentar seu portfólio.

O networking, ou seja, a rede de contatos profissional, hoje em dia, é fundamental nas mais diversas áreas de atuação e isso não é diferente no mercado financeiro. Por isso é tão importante ter um bom perfil no LinkedIn.

7 dicas para acertar no perfil do LinkedIn

Agora que você já entendeu que precisa estar atento ao seu perfil do LinkedIn para se posicionar melhor profissionalmente, confira dicas de como fazer isso!

1. Entenda o objetivo do seu perfil no LinkedIn

Antes de qualquer coisa, é preciso entender muito bem o objetivo dessa rede social, que é inegavelmente diferente das outras, que são muito mais focadas em vida pessoal. Por mais que, atualmente, uma grande parte dos profissionais, especialmente os autônomos, também utilizem o Instagram para se autopromover, o objetivo do LinkedIn é diferente e o seu, ao usar essa plataforma, também deve ser.

Essa rede não tem espaço para conteúdos pessoais e engraçadinhos, exceto que deles se possa tirar uma grande lição profissional. Além de entender isso, é importante saber em que degrau da sua carreira você está, porque isso deve interferir diretamente na construção do seu perfil.

Um profissional iniciante, por exemplo, não precisa maquiar sua falta de experiência, e sim aproveitar o espaço para deixar clara a sua empolgação com o novo mercado e a disponibilidade para aprender — aliada, é claro, à demonstração de todos os cursos realizados.

2. Seja claro nas informações pessoais

No seu perfil do LinkedIn, tudo começa com as informações pessoais. Nome, cargo, experiência, resumo e foto: cuide muito bem desses dados. Eles devem ser diretos e, ao mesmo tempo, gerar interesse.

Aqui, é importante prestar atenção especial à sua foto de perfil, afinal, não é nem que uma imagem valha mais do que mil palavras… Mas ela certamente faz a diferença. Invista em uma foto bem tirada, com aspecto profissional. Seu rosto deve estar centralizado, em um fundo harmônico, e você deve estar, preferencialmente, sorrindo: o que deixa a imagem mais convidativa.

Aproveite o espaço do resumo para oferecer um texto criativo e interessante, que consiga demonstrar tanto seu conhecimento na área como suas habilidades de comunicação.

3. Utilize palavras-chaves relevantes para o mercado de finanças e de investimentos

O algoritmo das redes sociais, assim como o dos buscadores, se baseia muito em palavras-chave. Portanto, se você quer ter o seu perfil encontrado e se tornar cada vez mais reconhecido na sua área de atuação, aproveite as oportunidades — seja nas descrições, seja nas postagens — de lançar mão de palavras-chave e termos relevantes para o segmento financeiro.

4. Conecte-se com profissionais e empresas do mercado financeiro

A rede de contatos é um elemento essencial para a evolução de um perfil no LinkedIn. Quanto mais pessoas e empresas interessantes você mostrar ter uma relação por ali, mais o seu perfil será recomendado e maiores são as chances de fazer um networking efetivo.

Por isso, não abra mão de se conectar com seus colegas de trabalho e, também, com profissionais que você conhece em cursos e workshops. Faça o possível, ainda, para adicionar os grandes especialistas do segmento, mas lembre-se de ter parcimônia: essas pessoas não estão ali para adicionar todo mundo.

Nesses casos, não deixe de usar o recurso “enviar uma mensagem” no momento em que adicionar o especialista e capriche no texto! Se apresente, conte rapidamente como a conheceu (se esteve em um curso ou palestra ministrado por esse profissional, melhor ainda) e porque gostaria de contar com ele entre as suas conexões. Não aja como um “fã deslumbrado” e nem se mostre desesperado por uma oportunidade, deixe clara a intenção de trocar ideias e abrir portas.

5. Mantenha sua página atualizada

Não adianta nada criar o seu perfil, se conectar às pessoas e esquecer que sua conta no LinkedIn existe. Mantenha as informações atualizadas e tire alguns períodos durante a semana para se envolver nas atividades de seus contatos. Curta, comente e compartilhe posts para mostrar que você está por lá e, é claro, sempre que tiver algo interessante para dizer, faça suas próprias publicações.

Além de falar sobre conquistas e ensinamentos que você teve na carreira, posts com histórias motivacionais costumam fazer bastante sucesso. Trazer análises e compartilhar novidades sobre o seu mercado ajuda a mostrar que você está antenado, o que é fundamental.

Outra dica: evite, sempre que possível, se envolver em polêmicas. Em alguns casos, ficar neutro pode ser ruim para sua imagem — mas na maior parte deles, especialmente nos que têm muito pouco a ver com o seu ramo de atuação, não se meter no assunto é a melhor escolha.

Ah, e lembre-se: ninguém é apenas profissional! Como falamos mais acima, o LinkedIn não é uma rede social para mostrar sua vida pessoal, mas isso não quer dizer que você deva estar completamente engessado o tempo todo. Saber aproveitar um meme, postar uma foto com os colegas de trabalho ou, mesmo, em casos bem pontuais, com a família, ajuda a construir o seu perfil para além do especialista técnico. Esse lado mais humano também é importante para fortalecer conexões e gerar oportunidades.

6. Escreva e publique artigos

Lidar com dinheiro exige muita responsabilidade e conhecimento. Por isso, tanto potenciais clientes como recrutadores procurarão provas de que você é capaz de atuar no cargo que deseja, e os artigos são uma forma de oferecer a comprovação que as pessoas buscam sobre sua especialização.

Construa bons textos, relacionados a temas importantes para o seu mercado. Aproveite-os para mostrar que você está atualizado e entende do que está falando. Os artigos são boas oportunidades também de mostrar criatividade e habilidades de comunicação, que são habilidades essenciais para as profissões do mercado financeiro.

7. Faça um curso sobre como usar o LinkedIn

Sim: as redes sociais ganharam tanta força e são tão importantes para o desenvolvimento de uma carreira, empresa ou marca pessoal que já existem cursos específicos de como se destacar em cada uma delas.

Se você é um profissional do mercado financeiro, ou mesmo está querendo transicionar sua carreira para a área, com certeza vai se beneficiar muito com um conteúdo que ensina especificamente o que você deve fazer para conquistar destaque nessas plataformas. Aproveite que chegou até o final deste artigo para conhecer o curso que ajuda você a dominar o LinkedIn!

Veja mais

Os Acordos de Basileia I, II e III estabelecem normas para fortalecer a estabilidade financeira global, abordando riscos de crédito, mercado e operacional.
Aprenda a superar ansiedade e medo de falar em público. Domine a linguagem corporal e a voz para apresentações memoráveis. Descubra o curso da MELVER para assessores.
Aprenda a contornar objeções com eficácia no pós-venda. Descubra estratégias para manter seus clientes satisfeitos e fortalecer o relacionamento comercial.