Índice de Sharpe: o que é e como ele pode ajudar você a escolher o melhor investimento?

O índice de Sharpe é um indicador financeiro que mede a relação entre o retorno de um investimento e seu risco. Ele é uma ferramenta útil para comparar investimentos, pois ajuda você a identificar os investimentos que oferecem o melhor retorno por unidade de risco.

Escrito por

Compartilhe:

O Índice de Sharpe é um indicador financeiro que mede a relação entre o retorno de um investimento e seu risco. Ele é calculado dividindo o retorno do investimento pelo desvio padrão do retorno.

O que é retorno?

Retorno é o ganho ou perda que um investimento proporciona em um determinado período. Ele é calculado subtraindo o valor inicial do investimento do valor final e dividindo pelo valor inicial.

Exemplo

Por exemplo, se você investir R$ 1.000,00 em um fundo de investimento que rende 10% ao ano, seu retorno no final de um ano será de R$ 100,00. O cálculo é o seguinte:

índice de sharpe

Exemplo

Por outro lado, se você investiu R$ 1.000,00 em ações e depois de um ano suas ações estão valendo R$ 850,00, seu retorno será R$ 150,00 negativo. O cálculo é o seguinte:

índice de sharpe

O que é risco?

Risco é a possibilidade de perda de dinheiro em um investimento. Medimos o risco usando a volatilidade do retorno, que é a variação do retorno ao longo do tempo.

Por exemplo, um investimento que tem um retorno alto, mas que também tem uma volatilidade alta, é um investimento de alto risco. Por outro lado, um investimento que tem um retorno baixo, mas que também tem uma volatilidade baixa, é um investimento de baixo risco.

Como calcular o Índice de Sharpe?

O Índice de Sharpe é calculado da seguinte forma:

Índice de Sharpe = (Retorno – Retorno livre de risco) / Desvio padrão

Onde:

Retorno é o retorno do investimento que você está avaliando.

Retorno livre de risco é o retorno de um investimento sem risco, como um título do Tesouro Nacional.

Desvio padrão é a volatilidade do retorno do investimento.

Exemplos

Vamos supor que você esteja comparando dois investimentos: um fundo de ações e um fundo de renda fixa. O fundo de ações rendeu 15% ao ano nos últimos cinco anos, enquanto o fundo de renda fixa rendeu 10% ao ano. O desvio padrão do fundo de ações é de 20%, enquanto o desvio padrão do fundo de renda fixa é de 5%.

O Índice de Sharpe do fundo de ações é de 0,75, enquanto o Índice de Sharpe do fundo de renda fixa é de 0,2. Isso significa que o fundo de ações teve um retorno 375% maior do que o fundo de renda fixa, por unidade de risco.

Portanto, o fundo de ações é considerado um investimento mais atrativo do que o fundo de renda fixa, pois oferece um retorno maior por unidade de risco.

📰 Saiba mais:

O que é renda fixa?

O que é renda variável: entenda os principais ativos

Outros fatores a considerar

O Índice de Sharpe é uma ferramenta útil para comparar investimentos, mas é importante considerar outros fatores também, como o prazo do investimento, o perfil de investidor e os objetivos financeiros.

Por exemplo, um investidor que tem um prazo de investimento curto pode preferir um investimento de baixo risco, mesmo que ele tenha um retorno menor. Já um investidor que tem um prazo de investimento longo pode estar disposto a assumir mais risco para buscar um retorno maior.

Além disso, o perfil de investidor também deve ser considerado. Investidores conservadores preferem investimentos de baixo risco, enquanto investidores arrojados preferem investimentos de alto risco.

Por fim, é importante definir os objetivos financeiros antes de investir. Se você está investindo para a aposentadoria, por exemplo, você precisará de um investimento que tenha um retorno suficiente para gerar uma renda mensal.

Conclusão

O Índice de Sharpe é uma ferramenta útil para comparar investimentos, mas é importante considerar outros fatores também antes de tomar uma decisão de investimento.

📰 Saiba mais:

Value at Risk – VAR: conheça a perda potencial de uma carteira

Por que estudar antes de investir em ações?

Esperamos que você tenha gostado do artigo. Fique com a MELVER para mais conteúdos de qualidade.

Veja mais

Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.
Conheça técnicas eficazes para captar clientes na assessoria financeira. Descubra como abordar, engajar e converter leads em clientes satisfeitos. Aperfeiçoe suas habilidades com o MELVER Pro.