Fee fixo: vantagens para clientes e assessores

O fee fixo surgiu como uma alternativa mais simples e transparente ao modelo comum de remuneração de assessores de investimento. Mais quais vantagens esse modelo pode oferecer também aos investidores? Confira neste artigo.

Escrito por

Compartilhe:

Na busca por alcançar uma gestão financeira eficiente e rentável, muitos investidores recorrem à assessoria de investimento. Nesse contexto, um modelo de pagamento que tem ganhado destaque é o fee fixo. Ou seja, uma das formas de remuneração do assessor de investimento é por meio do fee fixo.

Antes do modelo de remuneração de fee fixo, um dos modelos de remuneração mais comuns para assessores de investimento era o modelo baseado em comissões. Nesse modelo, os assessores recebiam uma porcentagem sobre o volume de investimentos que conseguiam atrair ou gerir para os clientes. 

Dois modelos de remuneração do assessor de investimento

No modelo de comissões, os assessores eram remunerados de acordo com a quantidade de transações que realizavam ou de produtos financeiros que vendiam aos clientes. Isso criava um incentivo para os assessores buscarem o maior volume possível de negócios.  

Esse modelo de remuneração baseado em comissões também podia gerar conflitos de interesse. Os assessores poderiam ser influenciados a promover produtos que oferecessem maiores comissões, mesmo que não fossem necessariamente os mais adequados para os clientes. Isso levantava preocupações em relação à imparcialidade e à objetividade das recomendações dos assessores. 

Além disso, o modelo de comissões não fornecia uma visão clara e transparente dos custos envolvidos para os clientes. As taxas e comissões eram muitas vezes complexas e difíceis de serem entendidas pelos investidores. Por fim, a complexidade do modelo, dificultava a comparação de serviços e a tomada de decisões informadas. 

Diante dessas limitações, o modelo de remuneração de fee fixo  surgiu como uma alternativa mais transparente, alinhada aos interesses dos clientes. Ao mesmo tempo, o fee fixo  mantém o foco na qualidade e abrangência dos serviços prestados pela assessoria de investimento. 

Ao adotar o fee fixo, os assessores buscam fornecer uma proposta de valor mais completa. E trazem para o dia a dia outras vantagens, como o relacionamento de longo prazo, a orientação financeira abrangente e a gestão personalizada dos investimentos. 

Neste artigo, vamos explicar o que é e como funciona esse modelo, além de destacar suas vantagens tanto para os clientes quanto para os assessores. 

O que é o modelo de pagamento de fee fixo?

O modelo de pagamento de fee fixo  é uma forma de remunerar a assessoria de investimento em que o cliente paga uma quantia predeterminada. Geralmente, esse pagamento é mensal ou anual. 

Diferente do modelo tradicional baseado em comissões, em que a remuneração é proporcional ao volume de investimentos, o fee fixo  oferece uma abordagem mais transparente. Desse modo, as recomendações podem ser mais alinhadas com os interesses do investidor. 

Como funciona o modelo de pagamento de fee fixo?

No modelo de fee fixo, o cliente e a assessoria de investimento estabelecem um valor fixo a ser pago regularmente. Esse valor é definido com base em diversos fatores, como o perfil de investimento do cliente, complexidade dos serviços ou quantidade de recursos sob gestão. 

Uma vez estabelecido o valor, o cliente passa a ter acesso aos serviços de assessoria de investimentos. Esses serviços podem incluir sugestões de alocação de ativos, monitoramento de investimentos e suporte personalizado. 

Vantagens para os assessores

O modelo de fee fixo  trouxe vantagens não só para os clientes, mas também para os assessores. 

Além de ser mais previsível, permite que o assessor busque soluções mais complexas e com mais resultado para os clientes. Em resumo, o modelo fortalece a relação entre as duas partes e aumenta a confiança com a assessoria. 

Algumas das principais vantagens do modelo de fee fixo  são: 

Previsibilidade de receita

Ao adotar o modelo de fee fixo, os assessores têm uma fonte de receita mais estável e previsível, independentemente das flutuações do mercado. Portanto, isso permite um planejamento financeiro mais seguro e uma maior tranquilidade profissional. 

Foco no relacionamento de longo prazo

Com o fee fixo, os assessores têm um incentivo para construir relacionamentos sólidos e duradouros com os clientes. Desse modo, eles buscam entender as necessidades individuais e oferecer um serviço de qualidade, visando à satisfação a longo prazo. 

 Maior autonomia e independência

Ao não depender exclusivamente de comissões sobre produtos financeiros, os assessores têm mais liberdade para recomendar as melhores opções de investimento para o cliente. Sem pressões externas ou conflitos de interesse, as recomendações se adequam mais ao perfil e aos objetivos do investidor. 

Vantagens para os clientes

Como dito anteriormente, o modelo de fee fixo  traz vantagens não só para os assessores, mas também para os clientes. 

Ao fortalecer a transparência e priorizar os objetivos do cliente, este modelo preza pela boa relação entre cliente e assessoria de investimentos. 

Algumas das vantagens percebidas pelo cliente são: 

Transparência

Ao adotar o modelo de fee fixo, os clientes têm uma visão clara dos custos envolvidos, sem surpresas. Assim sendo, eles sabem exatamente quanto estão pagando pelo serviço de assessoria e sabem que estão menos expostos aos possíveis conflitos de interesse do assessor ou assessoria. 

Alinhamento de interesses

No modelo de fee fixo, o assessor não tem incentivos para realizar operações desnecessárias ou de alto risco apenas para aumentar suas comissões. Portanto, isso significa que o assessor está alinhado com os interesses do cliente, buscando sempre a melhor estratégia de investimento. 

Acesso a serviços abrangentes

Com o fee fixo, os clientes têm acesso a uma gama mais ampla de serviços, incluindo monitoramento contínuo dos seus investimentos. Desse modo, garantindo uma gestão mais abrangente e integrada de seus investimentos.  Ao mesmo tempo, permite que haja um alinhamento ainda maior com seu perfil de investidor, objetivos financeiros e prazo para investimento. 

Resumo

Em suma, o modelo de pagamento de fee fixo  tem se mostrado uma alternativa atrativa e benéfica. O modelo traz vantagens tanto para os clientes quanto para os assessores de investimento. Além de proporcionar transparência, ajuda no alinhamento de interesses, acesso a serviços mais abrangentes e previsibilidade de receita. 

Para os assessores, oferece a oportunidade de construir relacionamentos duradouros e agir de forma autônoma e independente. Por outro lado, para os investidores, reforça o princípio da ética e da transparência, além de estreitar a relação investidor e assessor. 

Com o crescimento no número de investidores e a procura cada vez maior por escritórios de assessoria, oferecer boas alternativas pode ser um grande diferencial. Portanto, considerar o fee fixo  pode ser uma escolha inteligente na busca por uma assessoria de investimento eficiente e confiável. 

📰 Leia mais:

Diversificação Inteligente: invista em ETFs de Renda Fixa

Wealth Management: Como Funciona a Gestão de Grandes Fortunas

Veja mais

Neste artigo, mostramos um passo a passo para você acessar o site do Bacen e consultar as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras em seus mais diversos segmentos, do rotativo do cartão de crédito até o financiamento imobiliário.
Aprenda a contornar objeções em assessoria financeira. Descubra estratégias eficientes para lidar com clientes, prospects e leads. Alcance a alta performance com o MELVER Pro.
Aprenda a fazer prospecção ativa na assessoria financeira. Encontre leads qualificados e conduza-os pela jornada de vendas. Conheça as melhores estratégias com o MELVER Pro.